17.10.16

HELENA SANTOS I o céu e as estrelas nesta janela da cidade


 através desta simples janela da cidade, quantos artistas já partilharam a sua história e o seu universo artístico. quantos regressaram. e como é bom recordar a presença de algumas das obras, mas sobretudo recordar as pessoas que espreitaram a cidade através desta janela.

 à Helena Santos, que espreitou através desta janela, que regressou, e voltou a regressar, que me visitava no estúdio com uma caixa de chocolates ou uma flor, que partilhou comigo momentos tão bonitos, que partilhou o seu enorme carinho e emoção por acreditar e viver também pormenores como estes. hoje, e em forma de homenagem, quero lhe dar um enorme abraço e agradecer por tudo e o tanto que me ensinou. o seu universo artístico habitou esta janela. à Helena Santos, que partilhou comigo tantos momentos bons de amizade e a quem disse tantas vezes: "Gosto muito de ti", aqui partilho um terno e eterno abraço.


 e sempre que chegarem as cores do Outono, Helena, irei encontrar-te em todo o lado.

Sem comentários:

Publicar um comentário